segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Comerciantes e moradores do centro de Salto de Pirapora reclamam da desordem no local

Bebidas alcoólicas e drogas compõem o cenário de consumo de adolescentes e jovens durante a madrugada

Da Redação/TV Tem - 28/01/2011 - 20:38

Veículo é roubado no centro de Salto de Pirapora

Rua Francisco de Barros Leite - Centro - Salto de Pirapora
 No Domingo 30/01, um veículo VW/Gol na cor verde de propriedade de Antônio Carlos, que não quis divulgar a placa do veículo que foi roubado no centro de Salto de Pirapora, próximo á Igreja Matriz por volta das 20:00 horas, quando percebeu o roubo a família entrou em desespero, pois em pleno Domingo com o centro da cidade movimentado, com missa na Igreja Matriz, lanchonetes lotadas, um enorme movimento nas praças, a praça onde está localizada a lanchonete Allegro, não havia nenhum policiamento, nem por parte da PM (Polícia Militar) ou GM (Guarda Municipal).

Por uma enorme sorte do proprietário do veículo VW/Gol, ele consegui localizar o veículo que estava abandonado cerca de 800 metros do local onde havia sido roubado, ninguém sabe o motivo pelo qual o veículo foi abandonado. Os bandidos fugiram deixando o veículo no local onde parou, ninguém foi preso, e o propritário do VW/Gol conseguiu resgatar seu veículo de volta, e já instalou alarme e travas de segurança, e vai ficar atento para que o veículo não seja roubado novamente.

 
Rua Francisco de Barros Leite - Centro - Salto de Pirapora

  Agora com as faixas amarela de proibido parar e estacionar, a prefeitura deveria melhorar a segurança do centro da cidade, pois não há locais próximos aos estabelecimentos comerciais suficientes para os cidadãos municipes estacionarem seus veículos, e consequentemente aumentando o número de furtos no centro da cidade.

Clique na imagem para ampliar o tamanho

Foto: Tuds - Prefeito Joel David Haddad
Clique na imagem para ampliar o tamanho da foto

Enquanto Salto de Pirapora caminha rumo ao regresso e ao abismo econômico do município. Na prefeitura, diretores e vereadores da base aliada se preocupam em definir os rumos de seus interesses pessoais.

Por se tratar de uma área pública, onde estão os recursos públicos provenientes de arrecadação de impostos, os cidadãos munícipes tem todo o direito de questionar, cobrar ou reclamar do orgão público municipal e exercer total direito a cidadania.

Exercer a cidadania plena é ter direitos civis, políticos e sociais, ...de inexistência total de direitos para a existência de direitos cada vez mais amplos. 

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Senna - O Filme

Senna - O Filme - SEM MEDO. SEM LIMITES. SEM IGUAL

"ELE FOI O MELHOR PILOTO QUE JÁ EXISTIU"

Niki Lauda 

Fui assistir ao filme do Senna apesar de já fazer algumas semanas, para não deixar passar batido, antes tarde do que nunca.
O Filme saiu de cartaz já, pesquisei na grade do Cinemark e já não esta mais lá, resta agora esperar para sair em DVD.
Como Fã de Ayrton Senna e Fã de Automobilismo fico muito feliz por esse tipo de filme esta sendo exibido nos cinemas, apesar de ser um documentário sobre a vida dele nas pistas mostrando algumas cenas no Kartismo Mundial, o filme possui passagens importantes da trajetória de Senna, muitos já conhecidos para um bom entendedor de Formula 1 e Fã de Senna, boa parte da muita ênfase no duelo entre Alain Prost desde que o Brasileiro entrou para a McLaren em 1988, das desavenças entre o Jean-Marie Balestre no episodio de 1989.
Os trechos do filme são de arquivos de televisão tanto Brasileira e de outros países, acho que Japão, Inglaterra e França, possuí trechos de narração com o Galvão Bueno e depoimentos de Reginaldo Leme.
Valeu à pena assistir, mesmo tendo esta característica de um documentário, consegue emocionar como nas cenas de primeira vitoria em Interlagos de 1991 e ate mesmo consegue tirar algumas gargalhadas quando é convidado pela Xuxa em seu programa e perguntado o que ele queria de Natal, bom para quem assistiu imaginou o que seria rsrsrsrsrs...
Com certeza faltou alguns episódios da vida dele nas pistas, mas como o filme enfatizou bem o duelo entre o Professor, acho que deveria ter mostrado a aquilo que todo mundo viu e ouviu quando Senna sai dos Boxes para os treinos do Grande Premio de San Marino dizendo que sentia falta de Prost e se conciliando antes de sua morte.
Realmente valeu muito a pena ter assistido pena que saiu de cartaz já, se não teria assistido uma segunda vez.
Espero que cada vez tenham mais filmes sobre Automobilismo, pois tem historia suficiente para ser mostrado, Senna - O Filme é um belo exemplo disso, corridas de Formula é mais do que carros correndo em voltas do circuito, é historia sendo feita.

Momentos onde Ayrton fala que crê em Deus e Jesus Cristo, que é a base de sua vida, e o motivo de tudo se realizar e dar certo, e no primeiro título Mundial em 1988, naquela semana mais do que nunca sentiu a presença de Deus ao seu lado.







Lei 1349/2010 - A concessão do benefício do transporte escolar intermunicipal gratuito aos estudantes residentes em Salto de Pirapora para o ano letivo de 2011

A proposta da Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora através da Lei 1349/2010 - A concessão do benefício do transporte escolar intermunicipal gratuito aos estudantes residentes em Salto de Pirapora para o ano letivo de 2011.
Art. 3º – Tem direito ao beneficio de que trata a Lei Municipal n° 1349/2010, de 05 de maio de 2010, o estudante cuja renda bruta familiar seja de até 03 (três) salários mínimos, (R$1.635,00) vigentes no momento do cadastramento.





Se um estudante trabalha na empresas ou comércio da cidade, e ganha aproximadamente um salário de R$900,00 p mês, o Pai é aposentado e a mãe aposentada ganhando um salário mínimo cada um, a renda familiar já ultrapassa os três salários mínimos, o valor chega á R$1.990,00.

Agora me diga: Quem consegue pagar um curso de nível superior em uma universidade ganhando R$900,00 p mês, sem a ajuda da família!



Podem até dizer que é fácil criticar, que o governo municipal não tem recursos e outras baboseiras mais. No entanto o que é fato, é que não é fornecido suporte para educação em Salto de Pirapora; como se já não bastasse, além dos estudantes terem que pagar caro pela faculdade, ou conquistarem uma vaga em universidades publicas, através de muito esforço diga se de passagem,  têm também que desembolsar outro valor enorme para pagar o transporte. Fato é que, a prefeitura sequer faz o "mínimo necessário", fornecer transporte.
  Isso quer dizer que daqui a alguns anos haverá um déficit social muito grande em nossa cidade, ainda maior do que o de hoje, isso significa menos advogados, menos médicos, menos arquitetos, menos professores e etc; o que é muito perigoso, nos faz cair em um abismo, social, econômico, cultural não atentar aos anseios dos jovens de nossa cidade que querem o "mínimo necessário" para estudar, é o mesmo que condenar a cidade toda ao REGRESSSO.


Em muitos municípios, o principal empecilho para os jovens que desejam cursar o ensino superior é o transporte até as cidades onde estão as universidades. Muitas vezes, o alto custo para se deslocar acaba impedindo a continuidade dos estudos.

Em algumas cidades, porém, a prefeitura vem mostrando grande comprometimento com a educação e qualificação dos estudantes, oferecendo transporte gratuito até as Universidades da cidade vizinha. Nesse caso a cidade de Sorocaba tem um grande e expressivo número de universidades.

Já há muitos anos, a grande maioria dos jovens saltopiraporense que ingressam no ensino superior optam por estudar na cidade de Sorocaba, por ser a cidade mais próxima que possui universidades. O incentivo aos estudantes com certeza trará retorno ao município que cada vez mais forma jovem para o mercado de trabalho.



Veja na integra a Lei 1349/2010

Imprensa Oficial MUNICÍPIO DE SALTO DE PIRAPORA
24 DE DEZEMBRO DE 2010 Página 90 e 91

Edição de nº. 69 (Parte 3)

Página 01 - Clique na imagem para ampliar o tamanho
Página 02
Página 03
Salto de Pirapora não merecia passar por essas dificuldades que vem atravessando nesses últimos 2 anos, pois sempre há tempo para mudarmos nossa opinião para melhorar o futuro da cidade.
Pois nunca na história de Salto de Pirapora, estivemos tão próximo de Brasília e do Governo Federal para conseguir recursos para o desenvolvimento de nossa cidade. Veja o vídeo abaixo:

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

PAT e Acessa São Paulo em novo endereço - Salto de Pirapora

O PAT - Posto de Atendimento ao Trabalhador de Salto de Pirapora e o Acessa São Paulo com computadores gratuitos, para a população acessar internet, fazer trabalhos escolares e currículos estão atendendo em novo endereço em Salto de Pirapora.

Rua Pedro Aleixo dos Santos, nº. 75 - Centro

No prédio onde estava instalada a Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora.



Antigo prédio da Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora

Rua Pedro Aleixo dos Santos, 95 - Centro
 

Vereador é proibido de entrar em bares e restaurantes por dois anos

Em Sorocaba, no interior de São Paulo, o vereador foi flagrado dirigindo alcoolizado.

                                          

Vereador em Sorocaba Emilio Ruby (PMN) e o Prefeito de Salto de Pirapora Joel Haddad (PDT)

Vereador Emilio Ruby (PMN) e o Prefeito de Sorocaba Vitor Lippi (PSDB)

Acusado de 'racha', Vereador Ruby entrega CNH à Ciretran

Marcelo Andrade
Notícia publicada na edição de 05/11/2009 do Jornal Cruzeiro do Sul
  • Erick Pinheiro  
  • Emilio Souza de Oliveira, o Ruby, é acusado de praticar 'racha' em via pública
O vereador Emílio Souza de Oliveira (PMN), o Ruby, desde ontem à tarde só pode andar de veículo se for no banco do carona. Isso porque, o parlamentar entregou sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) à 19.ª Circunscrição Regional de Trânsito (19.ª Ciretran), depois de ter sido notificado pelo órgão, em razão de ser flagrado dirigindo embriagado e ainda acusado de praticar “racha” em via pública. Ele não poderá dirigir pelo prazo de no mínimo um ano, já que corre processo na Justiça Criminal, que também determinou suspensão da CNH pelo prazo em que durar a ação. O vereador foi denunciado pelo Ministério Público por ter infringido os artigos 306 (embriaguez ao volante) e 308 ((prática de “racha”) previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo que os crimes prevêem penas que vão de 1 a 5 anos de detenção, caso condenado.
De acordo com o delegado da Ciretran, José Olímpio Prette, a notificação partiu da circunscrição que após análise no laudo do teste de bafômetro, que apontou índice etílico de 0,71mg/l de sangue, acima do permitido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que é de 0,34 mg/l de sangue. “Nos baseamos no artigo 165 da lei 11.705/08, na qual dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência: infração gravíssima e penalidade de suspensão do direito de dirigir por doze meses e recolhimento do documento de habilitação”, disse.
De acordo com o delegado, o próprio vereador compareceu ao órgão para a entrega de sua carteira de habilitação.
Chegou por volta das 16h. “É importante ressaltar que essa suspensão e apreensão da carteira do vereador partiu da Ciretran, mas na Justiça corre ação e, nela o juiz estabeleceu que a suspensão deve durar pelo tempo do julgamento. Ou seja, pode durar mais de um ano. Se for isso vale a da Justiça. Se a ação correr em menos em menos de um ano vale a determinação da Ciretran”, explicou Prette.
A reportagem tentou ouvir o vereador, mas não conseguiu localizá-lo.
Já a Comissão Especial da Câmara Municipal presidida pelo vereador Anselmo Neto (PP), que apura possível quebra de decoro parlamentar de Ruby, mudou a data dos depoimentos do policial que conduzia a viatura e do motorista da Saveiro, que aconteceria ontem à tarde.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Batida entre ônibus e caminhão deixa feridos na Castello Branco

publicado em 26/01/2011 às 14h08: atualizado em: 26/01/2011 às 14h12


Faixas estavam totalmente interditadas por volta de 14h
Os helicópteros Águia 14 e 9, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, sairam do Campo de Marte para atender ocorrência de acidente entre caminhão e ônibus no km 44 da rodovia Castelo Branco, região de Santana de Parnaíba, sentido capital. Informações iniciais, recebidas por volta das 14h desta quarta-feira (26) apontam que há pelo menos duas pessoas feridas, sendo que uma está retida nas ferragens.

Segundo a Viaoeste, concessionária que administra a rodovia, o acidente ocorreu por volta das 13h30 desta quarta-feira (26). As faixas estão totalmente interditadas. Há lentidão entre os kms 46 e 44, no sentido São Paulo. Viaturas da Viaoeste também estão no local prestando atendimento às vítimas.
Ônibus envolvido no acidente é igual a esse.


Batida entre ônibus e caminhão deixa
feridos e fecha Castello Branco

Acidente ocorreu, no início da tarde desta quarta, na altura do km 44 da via
Do R7, com Agência Record


Reprodução/TV Record
Ao menos uma pessoa morreu e dezenas ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus da Viação Cometa e um caminhão na altura do km 44 da rodovia Castello Branco, no sentido capital. De acordo com a Polícia Militar, a batida ocorreu por volta das 13h30 desta quarta-feira (26). Veja a situação do trânsito em SP agora
Três helicópteros Águia, do Grupamento Aéreo da PM, foram enviados ao local às 14h. As aeronaves 14 e 16 iriam socorrer as vítimas e o helicóptero 9 iria realizar a filmagem do resgate. A informação da morte foi confirmada pela PM pouco depois das 14h. Segundo a corporação, pelo menos quatro pessoas ficaram presas entre as ferragens dos veículos. Até as 14h20, duas delas já tinham sido retiradas. No horário, os socorristas contabilizavam um total de 26 feridos no acidente.
A ViaOeste, concessionária que administra a Castello Branco, informou que - devido ao acidente - a via foi completamento bloqueada na altura do km 44, sentido São Paulo. Por volta das 14h20, havia lentidão na rodovia entre o km 49 e o km 44.


Cochilo pode ter causado acidente na rodovia Castello Branco, em São Paulo




Um cochilo pode ter sido a causa de um acidente que deixou 31 feridos na rodovia Castello Branco, em São Paulo. Uma pessoa morreu. A rodovia ficou interditada por quase três horas. Foram 14 equipes de resgate que trabalharam no socorro às vítimas. O caminhão e o ônibus, envolvidos no acidente, ficaram atravessados na pista.

Veja o vídeo na página do R7.com

Prefeito participará de reunião pela duplicação da SP-264

VOTORANTIM - [ 26/01 ]

Notícia publicada na edição de 26/01/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 6 do caderno A. 

O prefeito Carlos Augusto Pivetta (PT), de Votorantim, confirmou presença no encontro suprapartidário em prol da duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264). A reunião, antes agendada para amanhã, foi transferida para 8 de fevereiro, às 16h, no plenário da Câmara de Vereadores de Sorocaba.
O vereador sorocabano Francisco França (PT), na função de presidente da comissão especial formada para articular o processo de duplicação da rodovia, protocolou um convite aos representantes do Executivo de Sorocaba, Votorantim, Salto de Pirapora, Araçoiaba da Serra, Piedade e de Pilar do Sul. Também foram chamados para a reunião os deputados estaduais e federais da região, integrantes do Legislativo dos municípios, entidades, empresas e associações de classe. O objetivo é aumentar a representatividade do grupo suprapartidário em prol da duplicação da estrada.
Todo esse planejamento foi definido em um encontro ocorrido em 16 de dezembro de 2010 na Câmara de Sorocaba. Segundo Francisco França, o objetivo é reunir lideranças e chamar a atenção do governo estadual para a ampliação da João Leme dos Santos. A ideia é marcar um encontro no fim de fevereiro com o governador eleito Geraldo Alckmin (PSDB) e apresentar todas as propostas detalhadas com os principais representantes da região.
A comissão também estuda a criação de cartazes, faixas e panfletos informativos sobre os perigos da rodovia. O objetivo é promover uma parceria com a Associação Sorocabana de Imprensa (ASI) e com a Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) para a produção de todo o material.

Cruzeiro on-line

Vereador Francisco França (PT-Sorocaba)

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Reunião da Comissão Especial em prol da duplicação da rodovia João Leme dos Santos – (SP-264) acontecerá no dia 08 de fevereiro

Câmara Municipal de Sorocaba (foto: Alexandre Ferraz)
Acontecerá no dia 08 de fevereiro, às 16 horas, no plenário da Câmara Municipal de Sorocaba, a primeira reunião do ano da Comissão Especial em prol da duplicação da rodovia João Leme dos Santos – (SP-264).
Segundo o presidente da Comissão, vereador Francisco França (PT), também foram convidadas lideranças políticas e de entidades de Sorocaba e região, entre elas: os deputados estaduais Hamilton Pereira (PT); Carlos Cézar (PSC), que ainda ocupa o mandato de vereador; Maria Lúcia Amary (PSDB) e Rita Passos (PV), além dos prefeitos de Sorocaba, Vitor Lippi (PSDB); Votorantim, Carlos Augusto Pivetta (PT); Piedade, Geremias Ribeiro Pinto (PT); Araçoiaba da Serra, João Franklin (PTB); Salto de Pirapora, Joel David Haddad (PDT) e de Pilar do Sul, Antônio José Pereira (DEM), além das Câmaras Municipais das respectivas cidades.
Foram convidados ainda, o diretor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Isaías Torres; representantes do Diretório Acadêmico da UFSCar; as subseções da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) das cidades envolvidas; a Associação Sorocaba de Imprensa (ASI); Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sorocaba (AEAS); a polícia rodoviária, síndicos dos condomínios que margeiam a SP-264 e membros de associações de moradores dos bairros vizinhos à rodovia.
“Essa reunião geral será um passo importante para as próximas ações, que deverão ser tomadas em conjunto, mas com um único objetivo: sensibilizar o governo do Estado da necessidade da duplicação da rodovia que já causou inúmeros acidentes e várias mortes”, enfatizou o presidente.
De acordo com França, inicialmente a reunião estava agendada para o próximo dia 27, porém, com o recesso parlamentar, as estruturas da Câmara Municipal ficaram prejudicadas, por isso tomou a iniciativa de buscar uma nova data.
A Comissão Especial de vereadores proposta pelo vereador Francisco França foi aprovada no dia 23 de novembro, no plenário do legislativo sorocabano, com o objetivo de reforçar a luta pela duplicação da SP-264.
Seis vereadores compõem a Comissão, Francisco França (presidente); Ten. Cel. Rozendo de Oliveira – PV (secretário); Anselmo Neto (PP); Luis Santos (PMN); Irineu Toledo (PRB) e Francisco Moko Yabiku (PSDB).
A reunião será aberta e transmitida pela TV Câmara.
Vereador Francisco França (PT)

trecho da Rodovia João Leme dos Santos – (SP-264) - (Fotos: Sandra Navarro)

Sandra Navarro – Assessoria de Imprensa – Cel.: 9755-7414
Vereador Francisco França (PT)

Lula e Dilma falam sobre economia, saúde, segurança, pré-sal e temas sociais


Agência Brasil
03/11/2010

Lula e Dilma falam sobre economia, saúde, segurança, pré-sal e temas sociais em pronunciamento

Paula Laboissière, Roberta Lopes e Yara Aquino
Repórteres da Agência Brasil
Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente eleita Dilma Rousseff fizeram hoje (3) o primeiro pronunciamento juntos após o pleito do último domingo (31). Lula falou primeiro e, após despedir-se da imprensa, passou a palavra para sua sucessora. Dilma também respondeu perguntas feitas por jornalistas e abordou temas como o reajuste do salário mínimo, a reforma agrária e a distribuição de cargos no novo governo.
Confira abaixo os principais assuntos abordados por Lula e por Dilma:

DILMA
Salário mínimo: “Temos um critério que considero muito bom, e falei isso na minha campanha, que é o fato do reajuste do salário mínimo ser baseado no PIB [Produto Interno Bruto] e na inflação. Temos um problema agora. É o fato do PIB de 2009 ser um PIB que se aproxima do zero ou um pouco abaixo de zero. Isso porque houve uma crise internacional que afetou as economias. O Brasil teve uma recuperação muito forte. Nós estamos avaliando, e essa é uma das questões que na minha volta [do descanso] vou debater com o governo, se é possível fazer essa compensação. Adianto que, num cenário de PIB crescendo a taxas que nós esperamos, nós vamos ter um salário mínimo em 2014 no horizonte de R$ 700. Se não houver nenhuma alteração, em 2011, ele estará acima dos R$ 600. Agora, vamos fazer esse ajuste.”
Bolsa Família: “No caso do Bolsa Família, eu tenho um objetivo que é assegurar que a cobertura das famílias chegue a 100%. Hoje, não é 100%, depende do critério que você analisa. Houve muitas dificuldades dos estados, principalmente das prefeituras, em cadastrar. Nós, inclusive, financiamos as prefeituras para que elas pudessem cadastrar. No meu período de governo, vou buscar os 100% de cobertura e um nível maior de benefício proporcional ao que é possível ao país dar a esse conjunto de famílias. Não vou adiantar, não sei dizer hoje qual será esse reajuste, mas posso dizer que vai haver.”

Pré-sal: “Não podemos ser exportadores de óleo bruto. Porque se formos vamos perder muito dinheiro. Temos de ter duas refinarias premium, não por uma mania de grandeza, como algumas vezes a oposição falou da Petrobras, mas por uma questão de estratégia. Tem que refinar [o petróleo] porque, quando refina, o preço do petróleo sobe mais do que proporcionalmente ao custo do refino e permite entrar numa outra área delicadíssima que é a petroquímica. O ganho é acima de 1.000% e todo o país, hoje, é dependente petroquímico.”



Novo governo: “Tenho conversado muito com o vice, Michel Temer, e temos uma convicção que é a seguinte: este é um governo que vai se pautar não por uma partilha, mas por um processo de construção de uma equipe una. Quero reiterar que tenho visto por parte do PMDB toda uma iniciativa favorável a essa concepção. Nunca o PMDB chegou a me pedir um cargo. Estão participando de um processo de transição como participaram de todo o processo eleitoral. Não tenho nomes e não cometeria jamais a temeridade de lançar nomes individuais.”
Economia: “Todos os países que não são a China e os Estados Unidos percebem que há uma guerra cambial e eu quero dizer que, numa situação dessas, não há solução individual. Todas as vezes que tentaram solução individual, pode ter havido a desproteção do seu país, mas quando começa uma política de desvalorização competitiva, deu no que deu, que foi a 2ª Guerra Mundial.”
MST: “No que se refere ao MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra], em todas as oportunidades, eu me neguei a tratar o MST como caso de polícia. O MST não é um caso de polícia. No meu governo, eu não darei margem para [outro] Eldorado dos Carajás [confronto entre a polícia e o MST que resultou na morte de 19 sem-terra]. Porque isso é também uma questão de direitos humanos. Agora, não vou compactuar com ilegalidade, nem com invasão de prédios públicos, nem com invasão de propriedades produtivas.”
Agricultura: “Temos de fazer uma revolução no campo no sentido de transformar os agricultores em proprietários. Fazer com que seus filhos tenham acesso à educação de qualidade. Por isso, resolver o problema dos sem-terra é criar milhões de pequenos proprietários que farão com que o quesito social no setor rural brasileiro seja cada vez mais democrático. Para isso, o produtor tem que ter renda, tem que receber rendimento, tem que perceber que ele melhorou de vida, que ele hoje pode garantir [o futuro] para o seu filho.”
Prioridades de governo: “Considero que duas áreas vão ter destaque no meu governo. Uma é a saúde e a outra é a segurança pública. Considero que a educação está bem encaminhada e é dona de recursos maiores. Recursos que estou chamando de maiores é atenção, um cuidado maior e um empenho maior. No caso da saúde, vamos precisar completar toda a rede do SUS [Sistema Único de Saúde]. Está em questão também o problema da regulamentação da Emenda 29, o que, para a União, é mais fácil, o problema são os estados e também os municípios. É necessário abrir o processo de discussão com os governadores reeleitos. Na segurança pública, também teremos de investir recursos significativos. Não é possível resolver uma questão de envergadura nacional sem a cooperação de estados, municípios e União. E não é possível sem que a União participe efetivamente com recursos. Temos que ter uma clara prioridade para esta área.”
CPMF: “Eu tenho muita preocupação com a criação de impostos. Preferiria outros mecanismos, mas tenho visto uma pressão dos governadores, não posso fingir que não existe.”

LULA
Composição da equipe: “O governo da Dilma tem que ser a cara e a semelhança da Dilma. É ela, e somente ela, que pode dizer quem ela quer e quem ela não quer. Somente ela pode dizer aos partidos aliados se concorda ou não com as pessoas. Na minha cabeça, funciona a seguinte tese: rei morto, rei posto. Um ex-presidente da República poderá dar um conselho se um dia for pedido.”
Economia: “Dilma aprendeu na Unicamp e no governo que, em economia, não existe mágica, não existe ninguém capaz de tirar da cartola um coelhinho que vai fazer as coisas acontecerem como se fosse um milagre. É seriedade e compromisso, é previsibilidade e seriedade e isso ela tem de sobra para fazer o país dar certo.”
Final do mandato: “Não temos pela frente medidas impopulares. Quando a gente diz medidas impopulares, no Brasil, é que, normalmente, as pessoas fazem alguma sacanagem contra o povo antes de deixar o mandato. Nem há necessidade, nem eu quero que isso aconteça. Vamos fazer o que sempre fiz, o que for necessário para garantir que a Dilma receba em 1º de janeiro o mandato com tranquilidade.”
Câmbio: “A primeira coisa que temos em comum é que queremos câmbio flutuante, a segunda coisa em comum é que achamos que os Estados Unidos e a China estão fazendo uma guerra cambial.”
Câmbio e G20: “Vou para o G20 para brigar. Vamos tomar todas as medidas necessárias para não permitir que nossa moeda fique subvalorizada.”
Oposição: “Queria pedir à oposição que, a partir de janeiro, eles olhassem um pouco mais o Brasil, que torcessem para que o Brasil dê certo porque, cada vez que tomam alguma atitude, em vez de prejudicar o presidente, eles prejudicam a parte mais pobre da população. Queria que, dentro do Congresso Nacional, a oposição não faça contra a Dilma a política, eu diria, da vingança do trabalhar para o não dar certo. Na minha opinião, a oposição tem que saber diferenciar o que é interesse nacional e [o que é] briga político-partidária.”
Eleições: “Sou o cara que mais perdeu eleição para presidente da República, mais do que o Serra, que perdeu duas. Perdi três e quando a gente perde fica sisudo. O que eu poderia dizer neste momento para a oposição? A Dilma é uma outra pessoa.”
CPMF: “Nunca me esqueço que essas pessoas tiraram R$ 40 bilhões anuais que, se for levar em conta o mandato inteiro, dá mais de R$ 160 bilhões da saúde. E qualquer governador e prefeito sabem que é preciso ter dinheiro para a saúde se quisermos dar um atendimento de qualidade. Acho que foi um engano terem derrubado a CPMF e acho que alguma coisa tem que ser feita para a área da saúde. Se quisermos levar o tratamento de alta complexidade que todos os políticos têm porque pagam planos médicos, se quisermos levar isso para a sociedade, temos que ter mais recursos.”
Salário mínimo: “Nosso projeto de lei prevê a recuperação do salário mínimo até 2023. É uma política extraordinária porque damos o PIB de dois anos atrás [na correção] mais a inflação do período. A verdade é que, no próximo ano, você vai ter 7,5% de crescimento mais 5% de inflação. Se estivermos apostando que a economia cresça entre 4,5% e 5%, nos próximos anos, e você tiver uma inflação de 4%, significa que você vai ter uma média de 10% de reajuste do salário mínimo.”
Sucessão em 2014: “Chegar ao final do mandato com o reconhecimento popular que tem o governo, com a aprovação que estou, voltar é uma temeridade porque a expectativa gerada é infinitamente maior. É muito pequeno nesse momento estarmos discutindo 2014, deveríamos discutir 2011.”
Governo Dilma: “A Dilma sabe o que tem que ser feito, conhece, já fez, ela pode aprimorar, ouvir a sociedade e tenho certeza que, se ela fizer tudo que ela sabe que tem que fazer, ela tem todo o direito de, em 2014, ser candidata outra vez.”
Edição: Lana Cristina
http://agenciabrasil.ebc.com.br/home/-/journal_content/56/19523/1094523

BBB e literatura de cordel


Literatura de cordel, por Amado Barreto:

Curtir o Pedro Bial / E sentir tanta alegria
É sinal de que você / O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal / É preguiçoso mental / E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo / Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo / Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar / Vai por certo atrofiar / A mente do brasileiro.

Refiro-me ao brasileiro / Que está em formação
E precisa evoluir / Através da Educação
Mas se torna um refém / Iletrado, ‘zé-ninguém’ / Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão / Lá está toda a família
Longe da realidade / Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente / Desprovida e inocente / Desta enorme ‘armadilha’.

Cuidado, Pedro Bial / Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador / Desta sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis / Essas girls e esses boys / Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe, / Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis / E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar / Pra te manter e educar / Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal / Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes / Se enchem de calafrio
Porque quando você fala / A sua palavra é bala / A ferir o nosso brio.

Um país como o Brasil / Carente de educação
Precisa de gente grande / Para dar boa lição
Mas você na Rede Globo / Faz esse papel de bobo / Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bial / Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada / E trabalha o dia inteiro
Dá muito duro, anda rouco / Paga impostos, ganha pouco: / Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade / Neste momento atual
Se preocupa com a crise / Econômica e social
Você precisa entender / Que queremos aprender / Algo sério – não banal.

Esse programa da Globo / Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre / Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza / A malandragem, a baixeza: / Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência / Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam / Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética / Em que vaidade e estética / São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética / Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade / Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente / É um programa deprimente / Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo / “Professor” Pedro Bial
O que vocês tão querendo / É injetar o banal
Deseducando o Brasil / Nesse Big Brother vil / De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço / Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança / Educação e atitude
Porém a mediocridade / Unida à banalidade / Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento / De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso / Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina / A gastar adrenalina / Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo / É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente / Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção / (amantes da educação) / Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial / Um mercador da ilusão
Junto à poderosa Globo / Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor: / Reflita no seu labor / E escute seu coração.

E vocês caros irmãos / Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações / Apoiando essa besteira.
Não dêem sua grana à Globo / Isso é papel de bobo / Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim / Desse Big Brother vil
Que em nada contribui / Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade / Quem lucra é a sociedade / Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor / Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso / Esses milhões desejados
Que são ligações diárias / Bastante desnecessárias / Pra esses desocupados.

A loja do BBB / Vendendo só porcaria
Enganando muita gente / Que logo se contagia
Com tanta futilidade / Um mar de vulgaridade / que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade / E apelo sexual.
Não somos só futebol, / baixaria e carnaval.
Queremos Educação / E também evolução / no mundo espiritual.

Cadê a cidadania / Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos / Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados / e vamos ficar calados / diante de enganadores?

Barreto termina assim / Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco / Reaja à força do mal

Eleve o seu coração / Tomando uma decisão / ou então: *siga, animal!*

Pesquei no Blog da Dilma.
 
 

Petrobras da chapuletada na Folha SP


Ver a Folha apanhar mais uma vez da Petrobras não tem preço...
A Petrobras desmente com veemência matéria publicada com chamada de capa no jornal Folha de S. Paulo desta segunda-feira (24/1), sob o título “Petrobras quer reduzir compras no país”. A Petrobras não cogita nem pleiteou ao governo a redução de sua meta de índice conteúdo nacional. A empresa reafirma, da mesma forma que informou à Folha antes da publicação da matéria, que não há atraso no cumprimento das metas, nem qualquer movimentação contrária à sua ampliação.
A Folha de S.Paulo ignorou informações fornecidas pela Petrobras em 21/1, sobre a intensificação de medidas de incentivo, cobrindo áreas estratégicas para as empresas, como tecnologia, finanças e gestão. É mentirosa a informação sobre reuniões entre a Petrobras e o Ministério de Minas e Energia para discussão destas questões nas últimas semanas.
Com um crescimento de 400% nas contratações no País, a política da Petrobras de participação máxima do mercado nacional na aquisição de bens e serviços no Brasil elevou o conteúdo nacional mínimo de 57%, em 2003, para 77,34%, em 2010. A confiança da Petrobras no mercado supridor nacional e a capacidade de resposta desse mercado permitiram que a parcela nacional das contratações da Companhia registrasse um crescimento constante e acima da meta ao longo dos últimos anos. A política de estímulo à indústria nacional praticada pela Petrobras tem o objetivo de utilizar seu poder de compra para ampliar a competitividade dos fornecedores nacionais.
A empresa tem realizado sistemáticas reuniões com empresários de pequeno, médio e grande porte, com o objetivo de estimular a indústria nacional a desenvolver sua capacidade de fornecimento de produtos, que vão desde parafuso até sondas marítimas.
Em relação à cessão onerosa, dentro do cronograma que vai até 2014, a empresa precisará contratar sondas e outros equipamentos no exterior para cumprir o prazo estabelecido por lei. Isso não significa, de forma alguma, deixar de cumprir as metas estabelecidas. Usar essa informação no contexto da reportagem é, no mínimo, má-fé.
 
http://bakalarczyk.blogspot.com/
http://contextolivre.blogspot.com/2011/01/petrobras-da-chapuletada-na-folha-sp.html

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Volta às aulas em 10 de Fevereiro de 2011

Escolas têm verbas para a manutenção

Cruzeiro on-line
Notícia publicada na edição de 22/01/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul - Clique aqui!
 
Escola Estadual Daniel David Haddad no Bairro Campo Largo
 
O objetivo é melhorar as unidades para a retomada do ano letivo


Com investimento total de R$ 127,3 milhões, o governo estadual comemorou esta semana a 4ª edição do programa “Trato na Escola”, que consiste em potencializar a manutenção dos prédios. Na área de cobertura do jornal Cruzeiro do Sul, que abrange 17 cidades, o investimento soma R$ 1,5 milhão para as 190 escolas estaduais, sendo que somente Sorocaba conta com pouco mais de R$ 600 mil para as 80 unidades estaduais. Os valores estão sendo repassados às Associações de Pais e Mestres (APM) ou diretamente às diretorias desde dezembro passado. O objetivo é melhorar as condições das unidades para a retomada das aulas escolares, marcadas para 10 de fevereiro próximo.

O evento de comemoração dessa 4ª edição do programa aconteceu na última quinta-feira, quando o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou o investimento em torno de R$ 7.900,00 para cada uma das escolas estaduais. As 17 cidades receberão o equivalente a R$ 1.501.000,00 em investimentos. Sorocaba é o município com o maior número de escolas e com maior valor acumulado: são 80 unidades e R$ 632 mil - como a escola Antônio Padilha, que tem feito a pintura externa. Entre as demais cidades, Itapetininga conta com 26 escolas atendidas, um total de R$ 205.400,00. Itu também conta com R$ 134.300,00 para 17 escolas e Votorantim, que conta com 12 unidades estaduais, soma R$ 94.800,00.


Já Salto de Pirapora e Piedade, que contam com dez unidades estaduais cada, somam R$ 79 mil cada uma. Tatuí, que tem nove escolas do Estado, soma R$ 71.100,00. São Miguel Arcanjo, que conta com seis escolas do Estado conta com R$ 47.400,00; Pilar do Sul e Mairinque, com quatro unidades cada, somam R$ 31.600,00 cada uma; São Roque, que tem três unidades, soma R$ 23.700,00; já Sarapuí, Iperó, Boituva contabilizam duas escolas cada e somam R$15.800,00 em investimentos cada uma delas; e Alumínio, Araçoiaba da Serra e Capela do Alto, que têm somente uma escola estadual, contabilizam R$ 7.900,00 cada uma.


Investimentos

As obras do programa envolvem desde a pintura dos prédios, projetos paisagísticos e pequenos reparos até a higienização das unidades. Cada escola, de acordo com seu tamanho, receberá kits de pintura compostos por tinta esmalte para ferros, alambrados e barrados; tinta acrílica para alvenaria, piso de quadra e quadro negro; tinta para azulejo; massa corrida e aguarrás. Também vem sendo instaladas cortinas nas salas de aula de 2.008 escolas, a fim de diminuir a claridade excessiva dos ambientes, e 86.783 ventiladores em 4.699 unidades de ensino.

Clique na imagem para ampliar o tamanho

domingo, 23 de janeiro de 2011

PM está multando no centro de Salto de Pirapora

Fiscalização acontece no centro da cidade

Quem está estacionando carros no centro da cidade deve ficar atento. Segundo informações, policiais militares estão percorrendo a área, principalmente nas avenidas e principais ruas da cidade, fiscalizando veículos estacionados em locais proibidos. Várias multas estão sendo aplicadas pelos PM’s. Confira as imagens abaixo.

Se preferir clique na imagem para ampliar o tamanho
Policial Militar na Rua Francisco de Barros Leite, no centro de Salto de Pirapora, em frente a agência dos Correios


Vários veículos foram multados nesse local por estcionar na faixa amarela, entre os dias 15 á 22 de Janeiro de 2011

Evite multas! Não estacione na faixa amarela ou locais proibidos.


Lembre-se:
* Não estacione em local proibido, faixa amarela, local exclusivo para deficientes ou faixas de pedestres
* Use cinto de segurança, inclusive no banco de tráz do veículo

* Não se esqueça do bêbe conforto, para quem transporta crianças

* Fiquem atentos, obedeçam as leis de trânsito para não serem multados!

PONTOS      MULTA                  INFRAÇÃO                                    

7             R$ 574,00       Dirigir sem ser habilitado
7             R$ 957,70       Dirigir com CNH Cassada ou suspensa
7             R$ 191,54       Dirigir com CNH vencida a mais de 30 dias
7             R$ 191,54       Não dar passagem a Bombeiros, Ambulância.
7             R$ 191,54       Não dar preferência pedestre na faixa
5             R$ 127,69       Estacionar viadutos / túneis / pontes
5             R$ 127,69       Motorista ou Passageiro sem cinto de segurança
5             R$ 127,69       Estacionar na calçada ou faixa amarela
5             R$ 127,69       Estacionar em fila dupla




Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos