Salto de Pirapora 2016

Salto de Pirapora 2016
Mais notícias sobre Salto de Pirapora clique na imagem!

Publicidades

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Vídeo: Prefeito de Salto de Pirapora é afastado do cargo pela Câmara


A Câmara de Vereadores de Salto de Pirapora aprovou, por seis votos a favor e três contrários, o afastamento temporário do prefeito da cidade, Santelmo Xavier Sobrinho (PMDB), em sessão especial da Comissão Processante (CP), que foi realizada na noite desta quinta-feira (30). O prefeito é investigado em duas CPs instauradas na Câmara por irregularidades ocorridas entre 2014 e 2015, e citado em uma terceira. O afastamento do prefeito poderá chegar a 90 dias ou o tempo ncessário para a conclusão dos trabalhos da CP. 

Segundo a Secretaria de Negócios Jurídicos de Salto de Pirapora, para que a medida adotada pela Câmara entre em vigor, é necessário que o prefeito seja notificado, o que não aconteceu. De acordo com o governo, Santelmo Sobrinho está viajando. "Portanto, a decisão da Câmara não pôde ser acatada e os advogados do prefeito estão tomando as medidas necessárias", diz, por meio de nota, a Prefeitura. 

O afastamento já foi protocolado na Prefeitura de Salto de Pirapora e o vice-prefeito, Hélio Rossi, teria tentado assumir o cargo, mas foi impedido pela Secretaria de Negócios Jurídicos. Segundo a diretora jurídica da Câmara de Vereadores da cidade, Laura Rebello Pereira, o motivo do afastamento do prefeito, que começou a valer nesta sexta-feira (1), é porque ele tentou impedir as investigações de uma das CPs, por meio da coação do vereador que é o relator da Comissão. "Durante a sessão de ontem, foi apresentado um áudio, com uma gravação de uma conversa telefônica entre o vereador Jurandir Matos de Almeida (relator) e o prefeito, onde ele pede que o relator vote a favor dele, com o intuito de arquivar as denúncias", disse Pereira. 

A diretora jurídica explica que desde maio deste ano o prefeito de Salto de Pirapora é alvo de duas CPs e citado em uma terceira por diversas irregularidades, entre elas por improbidade administrativa. Na CP, que pediu o afastamento dele, Santelmo é investigado por ter contratado profissionais sem concurso público por três anos seguidos, o não cumprimento da lei orçamentária do município de 2014 e 2015, além de não ter sancionado e nem publicado leis que foram aprovadas pela Câmara, e não ter repassado o orçamento anual do Legislativo deste ano, no valor de R$ 470 mil. "Com isso, o município deixou de repassar uma verba no valor de R$ 1 milhão para a Santa Casa da cidade, e também não construiu um terminal rodoviário urbano no bairro Jardim Teixeira", afirma Pereira. 

A diretora jurídica da Câmara disse ainda que o vice-prefeito foi impedido de assumir no lugar do prefeito afastado e que a Secretaria de Negócios Jurídicos teria chamado uma viatura da Guarda Municipal para impedir a entrada dele na Prefeitura. Segundo ela, o prefeito teria viajado e não estaria mais na cidade assim que soube do resultado da votação na Câmara. "O decreto com o afastamento temporário de Santelmo, assinado pelo presidente da Câmara, foi recebido pelo setor jurídico do município", alega a diretora jurídica. 

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Salto de Pirapora informou que o prefeito está viajando e que em função disso ele ainda não foi notificado sobre a decisão da Câmara.



Prefeito Santelmo será afastado do cargo e processo de cassação segue em frente

Durante uma Sessão extraordinária na Câmara Municipal na data de hoje, 30/06, por 6 votos favoráveis e 3 contrários, os vereadores aprovaram o afastamento do prefeito Santelmo Xavier Sobrinho por até 90 dias. O Processo de cassação segue em frente para a decisão em definitivo nos próximos 75 dias.

Votaram a favor do afastamento do prefeito Santelmo, o Presidente da Câmara Municipal Miguel Marcelo (PSDB), os vereadores Donisete Antonio Correa Barbosa "Lilico" (PT), Alex Ferreira de Souza (PT), Jurandir "Enfermeiro" (PSDB), o suplente do vereador Izarildo Farrapo (PDT), o Adinâ de Oliveira (PDT) e Sergio Ventura "Siri do Gás" (PSDB), afastam o prefeito Santelmo do cargo por 90 dias. Conforme a sequência da foto.

Votaram contra o afastamento do prefeito Santelmo, a vereadora Keli Ortiz (PDT), o Suplente do vereador Chico Padre (PMDB), o Braulio de Jesus (PMDB) e José Luiz Vieira "Lagartinho" (PMDB). Abaixo o vereador Izarildo Farrapo (PDT) ao lado do prefeito Santelmo Xavier Sobrinho (PMDB). Conforme a sequência da foto.

Veja o vídeo gentilmente cedido por TV Lima:


Veja a imagem em tamanho ampliado
Clique aqui!

EKIP Motos Salto de Pirapora | Peças | Acessórios | Oficina especializada

EKIP Motos Salto de Pirapora | Peças | Acessórios | Oficina especializada


Empresa que atua no segmento de motos, prestando serviços como: troca de óleo, injeção eletrônica, revisão geral, elétrica, carreto, correntes e muito mais.

Além disso, também comercializamos diversos produtos para motocicletas, tais como: capacete, capa de chuva, bateria, pneus e peças e acessórios de motos no geral.

Seriedade, honra, transparência e confiança você encontra aqui.

MISSÃO

Competência, conhecimento e os mais elevados padrões dentro da área que atuamos.

VALORES

* Integridade;

* Ética profissional;

* Respeito às pessoas;

* Qualidade;

* Busca pelas últimas novidades dentro do ramo.

Endereço:

Avenida Pedro Pires de Mello, 1089 no bairro Campo Largo em Salto de Pirapora.

Fone: (15)3491.1199 * NEXTEL: 7814.4468



Troca de óleo com sucção.
Sem a necessidade de retirar o parafuso.
Sua moto com o óleo trocado e novo em apenas 5 minutos.
Trabalhamos com as melhores marcas do mercado. Qualidade garantida.











Veja todas as fotos da loja - Clique aqui!











Veja todas as fotos da loja - Clique aqui!


Veja todas as fotos da loja - Clique aqui!


Seriedade, honra, transparência e confiança você encontra aqui.
Fale com Adriano ou Adriana

Viatura da PM bate em moto em avenida de Salto de Pirapora

Motociclista foi socorrido com ferimentos leves e passa bem.
Testemunhas afirmam que veículo estava em alta velocidade.
Viatura da PM bate em moto em avenida de Salto de Pirapora (Foto: Adriano Vincler/Arquivo Pessoal)
Uma viatura da Polícia Militar bateu em uma motocicleta na noite desta quinta-feira (30) no bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora (SP). De acordo com informações da PM, o motociclista não viu a viatura na Avenida Pedro Pires de Mello e acabou sendo atingido pelo veículo quando entrava na via.

Testemunhas afirmaram ao G1 que a viatura estava em alta velocidade. O motociclista foi socorrido e levado para o Pronto Socorro com ferimentos leves.

Ele foi medicado e liberado em seguida. Nenhum policial ficou ferido no acidente e o trecho já está liberado nesta sexta-feira (1).


Veja o vídeo e mais fotos - Clique aqui!

Frente de viatura ficou danificada após colisão (Foto: Adriano Vincler/Arquivo Pessoal)

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Santelmo e Haddad disputam quem comanda Salto de Pirapora há 20 anos

Equipe de bocha perde transporte no bolo de orçamento de R$ 134,8 milhões



Não fosse a vitória de João Abdala Marun em 1992 a Prefeitura de Salto de Pirapora estaria há 23 anos sob comando de Santelmo Sobrinho (PMDB) e Joel Haddad (PDT). Santelmo cumpriu seu primeiro mandato entre 1989 e 1992. Voltou em 1997 e só saiu em 2004. Haddad governou os oito anos seguintes devolvendo o cargo para seu adversário em 2013. Descontando os quatro anos de Marun, a cidade está sob controle da dupla há 20 anos. Quem votou pela primeira vez em 1996, com 18 anos, estará com 38 anos nas próximas eleições sem nunca ter conhecido um candidato alternativo.

Os eleitores não têm alternativas de nomes e tampouco de práticas administrativas, pois o modo de governar de ambos são idênticos. Um eleitor revoltado resumiu o comportamento da dupla em audiência pública sobre o Orçamento na Câmara dos Vereadores: “o vencedor, a primeira coisa que faz, é trocar a cor das caçambas e da Santa Casa. Dá até depressão”.

O prefeito Santelmo Sobrinho, segundo Alex Ferreira (PT), já deve mais de R$ 2 milhões em precatórios só para um dos servidores estáveis demitidos por ser apoiador de Haddad. “Ele demitiu todos os servidores ligados ao prefeito anterior, todos foram à Justiça e venceram, pois são estáveis. Quem vai pagar a conta é a população”, adverte. “Quando eu vou à Prefeitura, servidor nenhum pode ser visto falando comigo, pois teme ser perseguido”, conta Alex.

Haddad, por sua vez, é alvo de dois processos de Ação Civil Pública do Ministério Público Estadual por ajeitar o Código Tributário do município visando obter anistia do IPTU para o maior latifúndio urbano de Salto de Pirapora e por reajustar salários de correligionários, incluindo o de uma filha. Veja aqui. ou veja aqui!

Devendo cerca de R$ 70 mil para o IPTU, ele simplesmente adequou o Código Tributário de forma que todo imóvel com mais de 22 mil metros quadrados fossem isentos do imposto desde que estivessem cadastrados no INCRA. Só havia um imóvel nestas condições, o dele, que começa na Caixa Econômica Federal e vai até o Campo Largo. Veja aqui.

Além disso, de acordo com a ação civil pública, proposta pelo promotor Luiz Fernando Guinsberg Pinto, logo que tomou posse pela primeira vez em 2005, Joel realizou uma reunião com todos os funcionários públicos municipais e deixou claro que a partir daquele momento nenhum estabelecimento comercial da cidade seria autuado ou interditado. As informações foram prestadas pelos próprios funcionários em depoimentos à Promotoria.

Santelmo também está na mira da Justiça e pode nem disputar as eleições de 2016. O prefeito foi condenado por ter contratado servidores públicos sem concurso entre os anos de 2001 e 2003. À época, as contratações foram consideradas irregulares. Durante o processo, o prefeito alegou que era “um homem simples, agricultor dedicado à terra”, e que confiou em assessores para fazer as contratações. O juiz desconsiderou os argumentos, afirmando que muitos prefeitos são simples e nem por isso cometem ilegalidades. Veja aqui. ou Aqui.

O Cruzeiro do Sul publicou matéria sobre a inauguração do Paço Municipal:. O tom político esteve presente durante todo o evento, assim como o clima familiar entre os participantes, já que o prédio recebeu o nome de David José Haddad, já falecido, pai do prefeito Joel Haddad. A nova avenida que abriga o Paço também foi uma homenagem à família do chefe do Executivo, com o nome da mãe do prefeito, Lydia Haddad. Estiveram presentes ainda o filho de Joel Haddad, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Salto de Pirapora, Joel David Haddad Filho (PDT) e a secretária de promoção social e também filha do prefeito, Jaqueline Haddad.

Agora, quando entregar a Prefeitura para o próximo administrador (se não for reeleito para o quinto mandato), Santelmo tem duas escolas para batizar com o nome de Xavier Sobrinho. “São escolas muito bonitas, mas será que o prédio vai garantir a qualidade de ensino que desejamos para nossos filhos?”, questiona o vereador Alex Ferreira (PT).


No caso da nova escola do Campo Largo é o caso de questionar até se há demanda para alunos numa época em que o Estado está fazendo remanejamento alegando redução do número de matrículas e entregando prédios para os municípios ocuparem com alunos do ensino fundamental até a quarta série.

Também é o caso de questionar o súbito projeto de adicionar R$ 780 mil ao orçamento deste ano, no apagar das luzes, para construir um cemitério vertical. Já que o dinheiro sobrou do ano passado, vamos gastá-lo ainda neste exercício, para que incluir a despesa no orçamento de 2016?

“Isso é um típico caso de falta de planejamento. O conjunto esportivo do Campo Largo, por exemplo, ele vai começar nó último ano do mandato e dificilmente vai conseguir terminar. Depois vem outro prefeito e larga, como é costume nesta cidade”, afirma. “O prefeito tinha que estar aplicando este dinheiro para embelezar a cidade”, defende Alex.

O curioso é que um correligionário de Haddad, o vereador pedetista Izarildo Farrapo, é hoje o mais fiel aliado de Santelmo na Câmara. Ele tem uma frase na ponta da língua para rebater qualquer crítica ao chefe do Executivo. “O prefeito tá fazendo um excelente trabalho. Estamos muito bem na Saúde e na Educação conforme relatório do Tribunal de Contas. Tá administrando bem, tem as contas em dia, vai fechar o ano com folga de caixa enquanto os outros municípios estão pedindo socorro para pagar os funcionários”.

Mesquinharia: Prefeitura cortou o transporte até da equipe campeã de bocha

Dizer que a saúde do Município é um paraíso é como não ser morador na cidade onde a epidemia de dengue matou duas adolescentes neste ano (2015). Ainda na área de Saúde, medidas mesquinhas foram tomadas para economia de vinténs, como a retirada dos ônibus que transportavam pacientes para o Hospital Regional de Sorocaba sob alegação de falta de local para estacionamento. Agora, quem precisa ir para Sorocaba e não tem dinheiro precisa pegar um passe na Assistência Social e esperar a primeira dama chegar às 13h30. “Sem a presença da primeira-dama ninguém recebe o passe, parece que ela anda com o talão na bolsa”, acusa uma paciente.

A mesquinharia beira ao absurdo. Extinguiu até o transporte para a equipe campeã de bocha de Salto de Pirapora.

Essa postagem encontrada na internet nessa página abaixo, são referentes ao ano de 2015.

Fonte:

Encontrei essa informação no site: Página 2 - Por dentro do interior


Concluída a obra de recuperação de crateras na rodovia SP-264 no Jardim Panorama

Fotos: Sérgio Santos.
Estão praticamente concluídas as obras de manutenção no km 137,4 da rodovia Francisco José Ayub (SP-264), no Jardim Panorama, que interliga Pilar do Sul e a região sudoeste do estado à Salto de Pirapora, Sorocaba e, consequentemente, à capital.

Desde meados de 2014, a erosão abriu buracos que consumiram parte da terceira faixa, no sentido Salto à Pilar, e o acostamento no sentido contrário, o que colocava em risco o tráfego no local.

A obra foi executada para o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) pela empresa Firpavi Construtora e Pavimentadora S/A por um preço de R$ 476 mil, bem abaixo da estimativa inicial feita pelo governo do estado, que era de R$ R$ 680 mil.


Fonte e Fotos: Blog Sérgio Santos.








Carmem Machado no 8º Congresso Internacional Ceisal 2016, realizado por Conselho Europeu de Pesquisa

Representando o Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado e Doutorado, o professor Marcos Antonio dos Santos Reigota e seus orientandos participarão do 8º Congresso Internacional Ceisal 2016, que será realizado pelo Conselho Europeu de Pesquisa Social na América Latina, na Universidade de Salamanca, Espanha, de 28 de junho a 1º de julho, com o debate do tema “Tempos pós-hegemônicos: sociedade, cultura e política na América Latina”.
Marcos Reigota coordenará a mesa de trabalhos, com o tema Trabalho Social e Comunitário Transnacional, ao lado dos professores Johannes Kniffki, da Alice Salomon Hochschule University, da Alemanha, e Claudia Patricia Sierra Pardo, da Universidad Nacional da Colômbia.

Seus orientados, por sua vez, participarão com apresentação de trabalhos. A doutoranda e professora da Uniso, Ariane Diniz Silva, fará a exposição do projeto social Reletran, uma Rede Latinoamericana Europeia de Trabalho Social Transnacional (Reletran), da qual a Uniso participou, com a realização de cursos sobre práticas sociais e processos comunitários, entre outras ações. O trabalho tem como tema “O Reletran na Uniso: análise do seu impacto na construção de processos comunitários através das narrativas dos participantes”.

A doutoranda Carmem Machado, no momento em estágio de pesquisa no México, e Marta Catunda, formada pelo doutorado e pós-doutoranda na Uniso, também participarão com o trabalho “Outros movimentos se aninham: por um corpo todo ouvido”.

Já o mestre em Educação Huarley Mateus do Vale Monteiro, que foi orientado por Reigota, apresentará a pesquisa “Vozes anônimas da Terra indígena do Alto São Marcos-Roraima: a fronteira panamazônica e as relações contemporâneas”.

O Congresso tem como objetivo debater os diferentes temas que envolvem as ciências sociais visando avançar na compreensão da realidade social, cultural, econômica e política da América Latina em tempos pós-hegemônicos. Participarão representantes de dezenove países que compõem o Conselho Europeu – Ceisal, além de pesquisadores de outras localidades, como do Brasil.


Fonte: Uniso

Saiba Mais:

Professora de Salto de Pirapora inova e ganha prêmio nacional de educação
Carmem Machado transformou as aulas de artes em eventos na escola.

Prefeitura voltou atrás e colação da ETEC não teve coquetel prometido


No dia 29/06,  foi a colação de grau dos futuros Técnicos em Administração, formados em nossa cidade com parceria com o Centro Paula Souza, classe da ETEC descentralizada.

Essa turma que desenvolveu em nossa cidade com o seu (TCC) trabalho de conclusão de curso, voltado a Cooperativa de Reciclagem, adequando estrutura, reforma e capacitação dos coletores, trabalho este, realizado com recursos privados e muito empenho dos alunos e parceiros.

MAS no dia 28/06, um dia antes da comemoração, alunos recebem a notícia que a prefeitura não iria mais disponibilizar o coquetel, que era a grande expectativa dos alunos e convidados. Sem ter como correr atrás para organizar uma recepção aos familiares, haverá apenas a colação sem nenhuma comemoração no local.

O jornal da Cidade se solidariza com os alunos do 3º modulo, E que esse retorno negativo da administração local, não sirva de desmotivação para que cada formando não desista de seus sonhos.

Porém o jornal da Cidade teve uma ideia para ajudar os alunos da ETEC, para essa data não passar em branco. Parabéns ao jornal da Cidade pela atitude.