domingo, 20 de março de 2016

Os problemas diários da cidade e a reclamação do povo

A população de Salto de Pirapora estão utilizando das redes sociais na internet para reclamar dos problemas diários de Salto de Pirapora. Em diversos bairros temos problemas que as nossas autoridades ou estão se fazendo de cegas ou de surdas, para não ver os problemas da cidade ou então não ouvir as reclamações da população, que é o caso do prefeito atual.

Diversas fotos e imagens foram enviadas para esse Blog e página no Facebook e até mesmo pelo WhatsApp, solicitando para que sejam postados os problemas que a nossa população está enfrentando. Alguns desses problemas são causados por parte de pessoas que não tem consciência, e que abandonam animais indefesos nas ruas.  

Alguns exemplos enviados pelos leitores dessa página na internet mostram os problemas nos bairros.


Uma moradora da rua das Hortências no Bairro Portal de Pirapora enviou a foto do fio de alta tensão no poste quase se soltando, ela informou que já entrou em contato com a CPFL por telefone para resolver o problema, mais não foi atendida sua solicitação, assim como tem vários postes com iluminação pública que não ascende durante a noite no Portal de Pirapora.


No Jardim Primavera o problema é o poste que virou com os ventos fortes de uma chuva de mais de um ano atrás, até o presente momento a iluminação pública da rua Lauro Magno César no Jardim Primavera fica comprometida, assim como várias ruas do bairro onde a iluminação pública não ascende devido as lâmpadas estarem queimadas. Protocolos com pedido de manutenção e reparos na iluminação pública foi realizado em duas ruas do Jardim Primavera que até o presente momento não foi atendido dentro do prazo de 2 dias, sendo que a solicitação já foi realizada a mais de 30 dias.




Buracos e valetas na Avenida do Bairro Campo Largo


Moradores reclamam novamente que a Sabesp demora para fechar buracos nas ruas (A LEI COMPLEMENTAR Nº 007/2009 não está sendo cumprida)
Condutores de veículos e moradores da cidade reclamam dos buracos nas obras de manutenção realizada pela Sabesp. Segundo informações a reclamação é devida pelo fato do pavimento asfáltico ficar deformado causando avarias aos veículos, transtornos com a poeira, com barro nos dias de chuva e pelo mau aspecto causado no local. Alguns dos locais mostrado nas fotos levam mais de 30 dias para receber o novo pavimento asfáltico, fica o buraco, a lama e a poeira, inclusive na avenida Pedro Pires de Mello no bairro Campo Largo.

O serviço de recuperação de pavimento asfáltico da Sabesp, após a abertura de valas para reparos na rede de água e esgoto, é criticado por moradores de Salto de Pirapora, sempre afunda e volta a formar buracos com terra.
Diariamente, diversas ruas da cidade têm as ruas abertas pela equipe de manutenção da empresa.
LEI COMPLEMENTAR Nº 007/2009. “DISPÕE SOBRE A REPARAÇÃO DE DANOS, CAUSADOS EM ESPAÇOS PÚBLICOS, LEITO CARROÇÁVEL DAS RUAS, CALÇADAS, GUIAS, SARJETAS E, DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.
Art. 1º – As intervenções viárias e danos causados, com abertura de valas, buracos, destruição de camadas asfálticas, guias, sarjetas e calçadas, realizadas por terceiros, inclusive, pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – Sabesp, para implantação, instalação ou reparos em redes de abastecimento de água ou coletora de esgotos, deverão ser reparadas devidamente, no prazo improrrogável de 72 (setenta e duas) horas, sob pena de multa diária de 100 (cem) UFM - Unidade Fiscal Municipal, aplicável, enquanto persistirem os danos. Parágrafo Único – A Administração Municipal, quando necessário, realizará o reparo daquela intervenção, nos moldes estabelecidos no item 6 (seis), da Tabela I da Lei Complementar nº 013/2008, de 03 de dezembro de 2008, acrescentando ao custo do material e mão de obra aplicados, a taxa de administração de 30% (trinta por cento).
Art. 2º - No caso do responsável pelos danos, não cumprir com as exigências contidas nesta Lei Complementar, a Administração Municipal deverá apurar o valor devido, inscrevendo o mesmo na dívida ativa, promovendo a respectiva execução fiscal.




Cães são abandonados nas ruas





Uma moradora do Jardim Maria José enviou as fotos informando que alguns cães foram abandonados próximo a sua residência, que fica próximo da base da GCM-Guarda Municipal de Salto de Pirapora. Segundo ela informa, é possível que pessoas de outros bairros ou até mesmo de outra cidade estão trazendo animais e soltando nas ruas, ela informa que não existe um controle mais efetivo por parte da prefeitura referente a animais solto nas ruas e que nenhuma autoridade se preocupa com esses tipos de problemas.

São vários animais solto por todos os bairros da cidade, e que os responsáveis por esses animais que ficam jogados nas ruas deveriam ser responsabilizados por isso. 

E que a população deve ficar atenta e denunciar que abandona animais pela cidade, anotar a placa do veículo ou chamar a polícia quando tiver a oportunidade de ver esse tipo de atitude.

Crateras no Bairro Quintas de Pirapora

A rua das Macieiras que fica bem as margens da rodovia Francisco José Ayub (SP-264), no km 128, no bairro Quintas de Pirapora tem enormes crateras, a população do bairro vive sofrendo com a erosão que destroem partes das ruas, eles informam que nenhuma autoridade da cidade frequenta o bairro para procurar buscar melhorias, segundo informação dos moradores, eles já solicitaram providências na prefeitura e não foram ouvidos. 

Eles informam que fizeram a solicitação verbal, pois eles acreditam que os vereadores deveriam visitar o bairro e solicitar por escrito, até mesmo porque eles são os representantes da população, foram eleitos para ouvir o povo e visitar os bairros, segundo informa os moradores das residências afetadas pelo problema.












Nenhum comentário:

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos