Salto de Pirapora Notícias 2017

Salto de Pirapora Notícias 2017
Clique na imagem!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Conclusão de obras na SP-264 tem novo atraso


Após quase três anos de seu início, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) prorrogou pela sexta vez a entrega final das obras de duplicação da rodovia João Leme Dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora. Prevista para setembro, agora, a nova previsão é que os trabalhos sejam totalmente concluídos na SP-264 nos próximos 30 dias. Na manhã desta terça-feira (27), o DER informou que as obras de duplicação da pista, do km 102 ao km 119,5 (lotes 1 e 2, que compreende toda a extensão da rodovia), foram concluídas. 


No início do mês passado, o órgão havia informado que faltava ser duplicado apenas o trecho do km 102 ao km 106, além de obras de construção de ciclovia e calçadas. Porém, elas dependiam de desapropriação para a conclusão dos serviços, o que poderia provocar alterações no prazo, o que acabou ocorrendo. O DER alega que os trabalhos demandaram prazo maior para sua conclusão em decorrência de processos de desapropriações, que estão previstos para serem finalizados nos próximos 30 dias. 

O órgão alega ainda que atualmente são realizados serviços complementares de implantação de calçadas para pedestres e outras pequenas intervenções para segurança, fora do eixo principal de duplicação, além do remanejamento de postes pela companhia de energia responsável. 

O Cruzeiro do Sul percorreu a rodovia nesta manhã e constatou que agora estão sendo feitas obras para a construção de calçadas e da ciclovia, serviços nos canteiros centrais, além de obras em ritmo avançado no viaduto que foi construído para acessar a rodovia Raimundo Antônio Soares pela SP-264.

Faixas elevadas 

Além disso, recentemente a SP-264 ganhou oito faixas elevadas ao longo da rodovia para a travessia de pedestres. De acordo com o DER, elas foram instaladas nos seguintes kms: 104,140, 104,480, 104,960, 106,580, 107,110, 109,950, 110,050 e 110,640. E ainda está em estudo a implantação demais uma faixa elevada, no km 108,7. 

Apesar de recém inauguradas, uma das faixas elevadas para a travessia de pedestres, que fica em frente a um condomínio residencial de alto padrão, precisou ser obstruída por causa da imprudência dos motoristas. O DER precisou colocar obstáculos no meio dela para impedir que os veículos cruzassem a SP-264 passando pela faixa, pois o retorno mais próximo foi mudado e está há quase um quilômetro de distância. Com isso, o espaço para a passagem dos pedestres pela faixa elevada ficou prejudicado, pois o DER colocou cones, cavaletes e até latões para impedir a passagem dos carros. 

Segundo o DER, "a separação física entre as faixas (com cavaletes e cones) relatada pela reportagem, é uma medida provisória para evitar a passagem de veículos e motos que estão utilizando a lombofaixa para fazer o retorno. 

As obras de duplicação na rodovia começaram no final de 2013 e a conclusão era prevista para o prazo de 15 meses, ou seja, em fevereiro de 2015, mas sua entrega foi adiada várias vezes pelo governo do Estado. O investimento total da obra é de R$ 115,2 milhões e de acordo com o DER ainda não há uma data marcada para a solenidade de entrega da obra.



_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________



_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________



Nenhum comentário:

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos