Salto de Pirapora Notícias

Salto de Pirapora Notícias
Fotos Salto de Pirapora - Clique na imagem!

terça-feira, 14 de julho de 2020

Áudio revela negociação de golpista para vender capacete falso do Ayrton Senna: 'Vale mais de R$ 100 mil'

Estelionatário fala para vítima que fará preço especial e cobra R$ 55 mil pelo capacete. Na casa do suspeito, em Sorocaba (SP), polícia apreendeu jalecos com o nome dele e documentos do homem se passando por advogado.
Capacetes falsos, jalecos e documentos foram apreendidos pela Polícia Civil
Foto: Carlos Dias/G1

Um áudio revela como o homem preso suspeito de aplicar golpes se passando por médico, advogado e por vender réplicas de capacetes do piloto Ayrton Senna agia na região de Sorocaba (SP). Segundo a Polícia Civil, ele tem cerca de 20 passagens por estelionatos.

O registro obtido pelo G1 foi enviado pelo investigado a uma vítima. Na ocasião, ele chegou a levá-la ao apartamento dele, mostrou canetas supostamente importadas, caixas de charutos cubanos e fotos com artistas.

A vítima acreditou na suposta influência do golpista de que o capacete era original. Com isso, ela ofereceu a um amigo a compra do capacete e iria apresentar o mesmo para o estelionatário. A venda seria no valor de cerca de R$ 55 mil e também envolvia a troca por uma bolsa (Ouça o aúdio).

"Verifica se ele vai comprar o capacete ou se ele vai fazer uma proposta, porque dependendo do valor, ou da proposta eu posso até aceitar. Um capacete desse vale mais de R$ 100 mil. É um capacete autêntico, original, 1994. Se for colocar em um leilão, de lance mínimo é de R$ 100 mil", disse.

Capacete como garantia

Ainda acordo com a Polícia Civil, um mandado de prisão foi expedido depois que o caso foi investigado pela Delegacia Seccional após vítimas registrarem os golpes.

Uma das vítimas contou à polícia que o suspeito prometeu a venda de um carro mais barato, alegando que tinha contato na montadora. Outra vítima relatou à investigação que perdeu R$ 250 mil.
Capacetes falsos do piloto Ayrton Senna foram apreendidos pela polícia
Foto: Carlos Dias/G1
Com isso, foi apurado que para aplicar os estelionatos, o homem contava para as vítimas que tinha uma suposta influência na sociedade, como amizade com celebridades. Além disso, ele monitorava as vidas dos alvos antes de aplicar os golpes.

Os supostos capacetes do piloto Ayrton Senna eram deixados pelo golpista com as vítimas como “garantia” ou também eram vendidos pelo valor de R$ 55 mil.

O mandado de prisão contra ele foi cumprido na frente da casa. Ele tentou correr, mas foi detido. Na endereço, a equipe localizou jalecos, documentos e capacetes que dizia ser originais.

Fonte: G1 Sorocaba

Nenhum comentário:

Top 10 - Fatos e acontecimentos

Arquivo