Salto de Pirapora Notícias

Salto de Pirapora Notícias
Fotos Salto de Pirapora - Clique na imagem!

domingo, 14 de dezembro de 2014

Fiação elétrica e de telefonia preocupam os moradores

Em Salto de Pirapora moradores sofrem com os mesmos problemas
Cabos embaraçados estão pendurados em postes ou jogados nas calçadas
Foto: Luiz Setti - JCS
Fios soltos e caídos em calçadas e vias preocupam moradores da rua Carolina Borghi, no Jardim Santa Rosália, e no cruzamento das ruas Fernando Bordieri e Ibiúna, no Jardim Morumbi. Os moradores dizem que isso é um descaso com a população. Segundo eles, várias reclamações já foram feitas, mas até agora nada foi solucionado.

Na rua Carolina Borghi, próximo ao número 56, no Jardim Santa Rosália, há vários cabos soltos, cortados e embaraçados, pendurados em postes. Segundo os moradores, o local está assim desde que uma equipe da Companhia Piratininga de Força e Luz (CPFL) fez uma troca de postes na via, no dia 5 de dezembro. Além dos cabos, o trecho da rua está com a sujeira do serviço, como galhos de árvores e terra.

O serviço causou prejuízo maior para alguns moradores, como o aposentado Anésio Biasoto, de 77 anos, que está com a linha telefônica sem funcionar. "Isso é uma calamidade. Eles fazem o serviço e não limpam a sujeira que fica", afirma. Biasoto diz que os fios estão atrapalhando a entrada de algumas garagens. 

Situação idêntica

O problema é o mesmo no cruzamento das ruas Fernando Bordieri e Ibiúna, no Jardim Morumbi. No local, cabos estão soltos e pendurados há mais de um mês. Os moradores também já fizeram várias reclamações. Como forma de protesto, eles penduraram uma boneca com decoração natalina nos cabos.
O aposentado Valter Adame, de 61 anos, diz que já cansou de reclamar para a CPFL e empresas que oferecem o serviço de internet, telefone e TV a cabo. "Faz mais de um mês que esses cabos estão assim", relata. Adame conta que os cabos no meio da rua estão atrapalhando o trânsito. "Está um perigo. Essas companhias estão nos chamando de palhaços. Isso tem que ser solucionado logo", ressalta.

Justificativas

A CPFL informou, em nota, que as fiações soltas encontradas nas ruas citadas não fazem parte da rede elétrica da distribuidora. Segundo a CPFL, todas as manutenções e substituições de postes que possuem serviços compartilhados com outras empresas (TV a cabo ou telefonia, por exemplo) são programadas e as empresas parceiras avisadas com antecedência sobre o trabalho que será realizado, para que as mesmas possam garantir a integridade de suas redes e o funcionamento de seus respectivos serviços. A empresa reforça à população que, sempre que for identificado algum cabo de energia elétrica rompido, ou caído no chão, seja acionado o serviço emergencial da empresa, pelo telefone 0800 010 25 70 (ligação gratuita), pelo e-mail piratininga@cpfl.com.br ou pelo site www.cpfl.com.br 

Quanto às linhas telefônicas, a Telefônica Vivo informou, em nota, que uma equipe técnica iria aos locais para realizar a verificação da rede e fazer os reparos necessários no menor prazo possível. A operadora mantém a Central de Atendimento 103 15, que funciona 24 horas.


Em Salto de Pirapora os problemas na rede de linhas telefônicas, um emaranhado de fios soltos, caidos ou pendurados foram encontradas nas ruas Tamiro Peixoto Castanho, Paulo dos Santos Guilherme no Jardim Maria José, na rua Genésio de Paula Santos no Jardim Agenor e na rua Roque de Barros Leite no Jardim Vera Lucia.

Moradores informam que cabos estão soltos e pendurados há mais de um mês, principalmente em toda a extensão da rua Tamiro Peixoto Castanho onde se encontra a escola municipal Jana Marum e a delegacia da cidade.

Fotos: Adriano Vincler - 13/12/2014

Rua Paulo dos Santos Guilherme no Jardim Maria José





Rua Tamiro Peixoto Castanho no Jardim Maria José
Rua Tamiro Peixoto Castanho no Jardim Maria José

Rua Genésio de Paula Santos no Jardim Agenor
Rua Roque de Barros Leite no Jardim Vera Lucia




Nenhum comentário:

Top 10 - Fatos e acontecimentos

Arquivo