segunda-feira, 30 de maio de 2016

Juíza ordena reintegração de posse das casas inacabadas do CDHU no Jardim Teixeira

Construções das casas populares do CDHU no Jardim Teixeira
Foto: Arquivo Blog Adriano Vincler
A juíza responsável pela Vara Distrital de Salto de Pirapora, Thais Galvão Camilher Peluzo deferiu pedido de liminar à Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano do Estado de São Paulo - CDHU e ordenou a reintegração de posse do conjunto habitacional "Salto de Pirapora D", que está sendo construído à margem da rodovia João Guimarães, no Jardim Teixeira, em Salto de Pirapora. 


O despacho da magistrada assinado em 20 de maio, autoriza uso moderado de força policial para retirada de aproximadamente oitenta famílias que ocupam unidades habitacionais inacabadas no referido empreendimento desde o dia 15 de maio deste ano.

Como procede a PM para cumprir reintegração de posse

Para a Polícia Militar fornecer apoio a essa ação é necessário que seja feito o mandado requisitório de força policial, que constará o objeto da reintegração, a indicação do autor, pessoas citadas e o oficial de justiça que cumprirá a ordem judicial. Apesar do cumprimento da decisão judicial ser do oficial de justiça, a Polícia Militar deverá prever as consequências da ação, planejando-a minuciosamente para evitar conflitos entre as partes, propiciando uma reintegração pacífica.


Fonte: Blog Toni Silva Sorocaba


Cerca de cinquenta famílias invadiram casas da CDHU em Salto de Pirapora que tiveram as obras paralisada em 2014 por conta de um impasse entre a prefeitura e o governo estadual. Eles afirmam que o local virou ponto de tráfico de drogas, e estão no local para cuidar das residências.

Fonte: Record Paulista - Balanço Geral SP

___________________________________________

Comandante da PM em Salto de Pirapora diz que haverá negociação para saída voluntária dos moradores que ocupam casas e terrenos da CDHU

Capitão Hudson
O Blog Toni Silva Sorocaba procurou o comando da 3ª Cia do 40/BPMI estabelecida em Salto de Pirapora, para saber como ocorrerá o cumprimento da ordem judicial para desocupar o loteamento "Salto de Pirapora D", que está sendo construído pela CDHU próximo ao Jardim Teixeira, em Salto de Pirapora, ocupado por aproximadamente oitenta famílias, desde 15 de maio deste ano. 

O comandante da 3ª Cia, o capitão Hudson Arthur Rodrigues Rosa informou que serão realizadas tratativas entre Polícia Militar, Justiça, CDHU e Prefeitura para garantir o cumprimento da ordem expedida pela juíza Thais Galvão.

Blog Toni Silva Sorocaba: qual será a fase inicial das tratativas?

- Recebi o ofício da justiça na semana passada e já encaminhei ao comando do Batalhão, na sequência ocorreu o comunicado ao comando-geral da Polícia Militar; nos próximos dias haverá reunião com representantes dos moradores para negociarmos saída pacífica e voluntária dos moradores; se uma reunião não alcançar este objetivo poderemos realizar mais uma ou duas reuniões.

Blog Toni Silva Sorocaba: se o diálogo com os moradores não resultar em saída pacífica e voluntária qual será a próxima fase para cumprir a ordem judicial?

- Estarei solicitando informações detalhadas junto à Prefeitura a respeito do número de famílias, informações sobre a área ocupada e informações complementares para depois discutirmos e elaborarmos um plano de ação policial. Estando pronto o plano de ação, aguardarei a autorização do comando-geral da Polícia Militar para realizar a operação de desocupação; concluiu o oficial.

Do Blog Toni Silva Sorocaba
_________________________________________________________________


Um comentário:

Ricardo Ol. Zanchetta disse...

E pra onde irão as famílias?

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos