Salto de Pirapora Notícias 2017

Salto de Pirapora Notícias 2017
Clique na imagem!

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Trabalhadores paralisam obras na SP-264 por uma hora


23/09/2015

Cerca de 70 trabalhadores contratados pela construtora Sobrenco Engenharia e Comércio para a execução das obras de duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, cruzaram os braços nesta manhã de quarta-feira, dia 23, em protesto ao não pagamento dos salários devidos pela empresa. Desde o começo do mês, estão sem receber, e a promessa da empresa é de que pagará os atrasados no dia 30 de setembro, próxima quarta-feira.

Os funcionários chegaram ao canteiro de obras da construtora, situado perto do trevo do campus Sorocaba da UFSCar, às 7h, e ficaram inertes até às 8h, somente retomando as atividades com a garantia de que receberão na próxima semana. Já não é a primeira vez que a Sobrenco atrasa os pagamentos. Em agosto, os trabalhadores ficaram 28 dias sem receber.

Eles, que pedem para não ter os nomes divulgados na reportagem, afirmam que querem trabalhar, mas que precisam pagar as contas e terem condições de ir trabalhar também, pois até mesmo a ajuda de custo para aqueles que vão ao trabalho de condução própria está atrasada. Disseram, ainda, que a empresa os ameaçou de terem o dia descontado do salário e da ajuda de custo caso voltem a protestar.

Na quinta-feira da semana passada, a Sobrenco foi procurada pela reportagem, bem como o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), por conta dessa situação. A assessoria de comunicação do Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (Sinicesp), que representava a empresa, afirmou que um problema de fluxo de caixa da construtora foi o motivador desse atraso, porém, tudo estaria regularizado no começo desta semana. 

No mesmo dia, uma funcionária de dentro da empresa informava que o governo estadual não estaria repassando os recursos em dia, por isso o atraso, destacando, inclusive, que o Estado só pagaria no dia 25 de setembro, sexta-feira, mas que era apenas uma previsão. O DER afirmou que os valores estão sendo pagos em dia pelo governo estadual e que vem se esforçando para garantir que os dois lotes da duplicação sejam entregues até abril de 2016. Sobre a liberação de R$ 12 milhões divulgada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), no dia 24 de julho, em São Roque, o DER diz que o recurso está autorizado, mas que antes passa por trâmites burocráticos no momento.

O DER e a Sobrenco, por meio do Sinicesp, foram questionados pela reportagem a respeito da paralisação de hoje e da não regularização dos pagamentos, mas até o fechamento desta reportagem não haviam dado uma posição.

Nenhum comentário:

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos