segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Governo do Estado informa quais cidades não farão parte do programa de reorganização escolar

Salto de Pirapora é uma das cidades da RMS que está dentro do programa de reorganização escolar do Estado de São Paulo.
O secretário de Estado da Casa Civil, Edson Aparecido, informou a deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB), na manhã deste sábado (17), quais as cidades da região de Sorocaba que não farão parte do programa da reorganização escolar a ser implantado em 2016.

A proposta do governo é que alunos e professores sejam separados por ciclo de ensino, ou seja, cada unidade terá apenas um dos três ciclos (1º ao 5º, do Fundamental, 6º ao 9º do Fundamental e Ensino Médio) “para reduzir os conflitos e melhorar a qualidade do ensino”.

As cidades informadas pelo secretário não passarão pelo processo porque já estão organizadas conforme o programa. Mesmo naquelas onde haverá a reorganização, o governo está fazendo discussões com a comunidade escolar para explicar a proposta e esclarecer dúvidas.

As cidades da Região Metropolitana de Sorocaba que estão fora reorganização são: Alambari, Alumínio, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Iperó, Jumirim, Mairinque, Porto Feliz, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí e Tatuí.

Além dessas cidades da RMS, o secretário da Casa Civil, Edson Aparecido, informou que também não farão parte da reorganização os municípios de Quadra, Laranjal Paulista, Pereiras, Conchas, Capão Bonito, Ribeirão Grande, Guareí, Anhembi e Campos do Jordão.

De acordo com o que disse Edson Aparecido, dos 645 municípios do Estado 446 não farão parte da reorganização por já estarem alinhados com o programa e os prefeitos serão informados um a um nos próximos dias para que transmitam à comunidade escolar.


Governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB)
Foto: Fernando Rezende

Nenhum comentário:

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos